4-0-3
 
 
Página Inicial  

Pesquisar pelo Site:

Oriente-se
Empresas
Imóveis
Turismo
 
 



 

Copom inicia reunião para definir taxa de juros; Selic pode cair para 9,25%


O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) inicia a quinta reunião do ano para definir a taxa básica de juros, a Selic. Instituições financeiras, consultadas pelo BC, esperam que a Selic seja reduzida em 1 ponto percentual caindo para 9,25% ao ano

O presidente do BC, Ilan Goldfajn, e diretores do banco analisam o mercado. À tarde, é feita a análise de conjuntura. No segundo dia de reunião (26), após estudo da perspectiva para a inflação e das alternativas para a Selic, a diretoria do BC define a taxa. A decisão será anunciada às 18h. Para o mercado financeiro, a Selic continuará a ser reduzida em 2017, encerrando o período em 8% ao ano.

A taxa Selic vem sendo diminuída desde outubro do ano passado, quando passou de 14,25% para 14% ao ano. Em novembro, houve mais um corte de 0,25 ponto percentual, seguido por reduções de 0,75 ponto percentual em janeiro e em fevereiro. O Copom acelerou o ritmo de cortes para 1 ponto percentual nas reuniões de abril e maio. Atualmente, a taxa está em 10,25% ao ano.

Com o aumento dos tributos sobre combustíveis, o mercado financeiro aumentou levemente a projeção para a inflação, após sete reduções seguidas. Entretanto, a projeção para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) continua abaixo do centro da meta a ser perseguida pelo BC, que é 4,5%. Para o mercado financeiro, a inflação vai encerrar 2017 em 3,33%.

A Selic é um dos instrumentos usados para influenciar a atividade econômica e consequentemente a inflação. Quando o Copom diminui os juros básicos, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle sobre a inflação.

Wellton Máximo e Kelly Oliveira
da Agência Brasil

25.07.17 16:21

Outras Notícias:  
21.09.17 12:45 Prévia da inflação em setembro tem o menor re...
21.09.17 12:39 BC reduz projeção de inflação este ano para 3,2%
21.09.17 12:36 Expectativa de inflação dos brasileiros sobe ...
21.09.17 12:33 Maia diz que PMDB está tentando reduzir o cre...
20.09.17 16:44 São Paulo mantém melhor posição no ranking de...
20.09.17 16:35 Temer diz a investidores que Brasil é um dest...
20.09.17 16:31 Em Nova York, Meirelles diz que recessão acab...
19.09.17 12:50 Em julho, sistema de consórcios bate recorde ...
19.09.17 12:40 Temer defende maior abertura do Brasil ao mun...
19.09.17 12:36 Pesquisa CNT: 3,4% aprovam governo Temer e 75,6% reprovam
 
Anterior [1/1040] Próximo
Copyright © Vida Econômica - É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Power by Sistema agencianaweb.com.br