4-0-3
 
 
Página Inicial  

Pesquisar pelo Site:

Oriente-se
Empresas
Imóveis
Turismo
 
 



 

Consórcios avançam 25% e atingem R$27,6 bilhões

Adesões tem alta superior a 13% no primeiro trimestre

Setores apresentam crescimentos em relação ao ano passado


Para Paulo Roberto Rossi, presidente executivo da ABAC Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios, "o grande avanço das adesões demonstra o crescimento do interesse do consumidor pela modalidade, evidenciando consciência sobre as suas finanças pessoais e considerando a responsabilidade no cumprimento dos compromissos financeiros.”

No primeiro trimestre do ano, o Sistema de Consórcios fechou com alta de 24,6% nos negócios em razão do aumento de 13,3% nas vendas de novas cotas sobre o mesmo período de 2018. Enquanto o total acumulado de janeiro a março do ano passado foi de R$ 22,14 bilhões, nos três meses deste atingiu R$ 27,6 bilhões. Paralelamente, as adesões saltaram de 577 mil (jan-mar/2018) para 653,5 mil (jan-mar/2019).



Os principais destaques no trimestre foram os crescimentos percentuais dos setores de serviços e de veículos pesados que apontaram 52,9% e 51,4%, respectivamente. Houve também evoluções significativas nos demais setores.

Em retrospectiva, os dados mostram que as vendas de novas cotas nos três primeiros meses do ano foram o volume recorde, quando comparado com os de anos anteriores, a partir de 2015.


O tíquete médio de março foi de R$ 44,4 mil, 15,3% acima dos R$ 38,5 mil anotados naquele mês de 2018. No mês, a média diária de vendas foi de 12 mil, 23,7% sobre as 9,7 mil do mesmo mês no ano passado.

Com 62 dias úteis decorridos em 2019, o mesmo total de 2018, a média diária das adesões atingiu 10,5 mil, 8,2% mais que as 9,7 mil contabilizadas no ano passado.



No período compreendido entre março de 2018 e o deste ano, com os seguidos avanços ocorridos mês após mês, o total de participantes ativos atingiu 7,203 milhões no final do primeiro trimestre de 2019, 3,7% superior aos 6,947 milhões iniciais.



As contemplações acumuladas no primeiro trimestre atingiram 303 mil, ligeiramente acima das 301,7 mil anteriores (jan-mar/2018). Ao mostrarem estabilidade, os volumes registraram consolidação dos negócios em função do lançamento de novos grupos nos últimos anos.


Os créditos concedidos aos contemplados, que podem ter sido potencialmente injetado nos diversos setores da cadeia produtiva onde o mecanismo está presente, anotaram pequena alta de 1,1% nos três primeiros meses do ano: enquanto de janeiro a março de 2018 a soma chegou a R$ 10,25 bilhões, nos mesmos meses deste ano alcançou R$ 10,36 bilhões, comprovando a importância do mecanismo no desenvolvimento econômico.

Para Paulo Roberto Rossi, presidente executivo da ABAC Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios, "o grande avanço das adesões demonstra o crescimento do interesse do consumidor pela modalidade, evidenciando consciência sobre as suas finanças pessoais e considerando a responsabilidade no cumprimento dos compromissos financeiros. Paralelamente, a estabilidade apresentada com viés de alta no primeiro trimestre no Sistema de Consórcios no acumulado de contemplados reafirmou a importante presença do mecanismo na cadeia produtiva, já demonstrada durante 2018".

Tais volumes, obtidos no Sistema, puderam ser observados, por exemplo, no setor de motos, onde os créditos injetados pelas contemplações resultaram potencialmente em uma a cada duas unidades vendidas no mercado interno. Ainda na indústria automobilística, os veículos leves [automóveis, utilitários e camionetas] tiveram potencial presença em quase um a cada três autos comercializados no país.

"O Sistema de Consórcios, um dos itens importantes da Educação Financeira, está cada vez mais atual. O diferencial da modalidade é o planejamento, base para qualquer futura aquisição de bens ou contratação de serviços, bem como na simplicidade de contratação, no custo adequado e nos prazos", afirma Rossi.

22.05.19 15:18

Outras Notícias:  
16.06.19 14:20 Guedes: relatório apresentado na Câmara pode ...
16.06.19 14:08 Presidente do BNDES pede demissão
14.06.19 11:26 Atividade econômica tem queda de 0,47% em abril
14.06.19 11:22 Santos Cruz deixa Secretaria de Governo; gene...
13.06.19 12:19 Produtos típicos de festas juninas sobem 9,15%, diz FGV
13.06.19 12:08 Setor de serviços cresce 0,3% de março para abril, diz IBGE
12.06.19 15:10 Comércio varejista recua 0,6% de março para abril, diz IBGE
12.06.19 15:06 Congresso aprova projeto de crédito suplement...
11.06.19 15:15 Divulgação de mensagens pretende paralisar re...
11.06.19 15:13 Produção industrial cresce em dez locais de m...
 
Anterior [1/1140] Próximo
Copyright © Vida Econômica - É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Power by Sistema agencianaweb.com.br