4-0-3
 
 
Página Inicial  

Pesquisar pelo Site:

Oriente-se
Empresas
Imóveis
Turismo
 
 



 

Após prisão de Esteves, Moody’s coloca BTG Pactual em revisão de nota


Kelly Oliveira
da Agência Brasil

A agência de classificação de risco Moody’s colocou em revisão para rebaixamento o perfil de risco de crédito individual do BTG Pactual (BAA3) e suas notas (ratings), devido à prisão do presidente-executivo e controlador da instituição, André Esteves, na Operação Lava Jato.

Para a Moody’s a prisão pode gerar impactos na relação do banco com os clientes e parceiros. A agência acredita que, enquanto permanecer a situação, cuja duração é incerta, pode haver implicações negativas para o BTG, que depende de captação de recursos no mercado. “Ao mesmo tempo, notamos que BTG tem mantido uma grande quantidade de ativos líquidos [que podem ser vendidos rapidamente] em seu balanço, uma estratégia que se destina a equilibrar a sua inerente dependência de captação no mercado e a riscos de liquidez”, diz a agência.

A Moody’s disse que poderá rebaixar a nota do banco se: as investigações encontrem ligações entre ações de Esteves com as operações do banco que gere resultados negativos; se foram encontrados problemas regulatórios ou legais no BTG Pactual; se a capacidade de gerar negócios for afetada; se a captação de recursos (funding) for impactada.

A agência também diz o que a nota pode ser revisada para cima, o que considera pouco provável, se o banco mantiver a liquidez e a capacidade de geração de receitas e se os investigadores não acharem nenhuma evidência contra a instituição.

As prisões do dono do banco BTG Pactual e do líder do governo no Senado, Delcídio do Amaral (PT-MS), repercutiram ontem no mercado financeiro, com queda na Bolsa de Valores e alta no dólar. Especialistas ouvidos pela Agência Brasil destacaram que as prisões de Delcídio e de Esteves criam um clima de incerteza e apreensão no mercado.

O Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou em 46.866 pontos, com queda de 2,94%. Já os papéis do BTG, que não integram o Ibovespa, terminaram o dia com queda de 21%, a R$ 24,40, e ficaram entre os destaques negativos do pregão.

As prisões também impactaram o mercado de câmbio, que estava com oscilação menor em um momento de maior tranquilidade política. Há alguns dias na casa dos R$ 3,70, a moeda norte-americana fechou a R$ 3,75 ontem, sustentando alta de 1,26%.

O BTG Pactual é um banco de investimentos listado e controlado por uma sociedade de 156 executivos. Em maio de 2009, o BTG Investment fechou a aquisição do UBS Pactual por US$ 2,5 bilhões e a transação foi finalizada e homologada pelo Banco Central em outubro do mesmo ano. O banqueiro tem uma fortuna estimada em R$ 9 bilhões e ocupa a 13ª posição entre os homens mais ricos do Brasil, segundo a revista Forbes.

26.11.15 18:26

Outras Notícias:  
17.10.18 09:34 Atividade econômica registra terceiro mês seg...
17.10.18 09:20 TSE reúne equipes de Bolsonaro e Haddad para ...
16.10.18 12:09 Setor de serviços cresce 1,2% de julho para agosto
16.10.18 12:06 BB lidera ranking de reclamações no terceiro trimestre
16.10.18 11:56 Ibope: Bolsonaro tem 59% dos votos válidos; Haddad tem 41%
15.10.18 11:37 Estimativa de inflação sobe pela quinta vez e...
13.10.18 19:55 Consórcios crescem 7% em sete meses e atinge ...
13.10.18 19:52 Mais de 62 milhões de brasileiros estão negat...
13.10.18 19:48 Bolsonaro diz que seu plano de privatizações ...
13.10.18 19:23 Haddad visita Cohab em SP e promete construir...
 
Anterior [1/1105] Próximo
Copyright © Vida Econômica - É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Power by Sistema agencianaweb.com.br