4-0-3
 
 
Página Inicial  

Pesquisar pelo Site:

Oriente-se
Empresas
Imóveis
Turismo
 
 



 

Preços para Dia da Criança sobem menos que a inflação dos últimos 12 meses




Alana Gandra
da Agência Brasil

A inflação para o Dia da Criança ficou abaixo da média dos últimos 12 meses, compreendidos entre outubro de 2015 e setembro deste ano, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor da Fundação Getulio Vargas (IPC-FGV), que acumulou elevação de 8,10%. A variação registrada na cesta de produtos e serviços mais procurados para a data chegou a 7,19%.

Apesar disso, o economista André Braz, do Instituto Brasileiro de Economia (Ibre), informou que foram encontrados “vilões” no lazer, cinemas, show e teatro, que registraram aumento de 13,56%. No item presentes, a bicicleta subiu 13,26%, enquanto no de alimentação fora de casa a maior variação (13,37%) foi encontrada nos sorvetes.

Braz afirmou que, “mesmo que este ano os preços tenham subido menos, temos uma taxa de desemprego muito alta e está difícil para as famílias coordenarem gastos extras. O básico agora é o que priorizamos”. Por isso, toda a parte de lazer tem demanda reduzida para enfrentar o desânimo do mercado de trabalho.

Criatividade

O economista acrescentou que o Dia da Criança não pode ser esquecido. “Temos de usar a criatividade”, recomendou. Outra opção é partir para escolha de produtos mais baratos, como vestuário infantil, que mostra variação de 4,11% no período.

André Braz disse ainda que, embora brinquedo esteja muito caro, “sempre há uma conversa” com a criança, prometendo que um melhor será dado mais adiante. “A criança sente mais falta do afago dos pais. Se você puder sair com seu filho, brincar com ele, é melhor do que abrir um presente que em uma semana estará empilhado com outros que ele ganhou nos últimos tempos”.

De acordo com a pesquisa da FGV, as despesas com lazer para o Dia da Criança subiram 7,38% e as com presentes tiveram crescimento de 7,51%.

05.10.16 13:05

Outras Notícias:  
19.10.18 09:36 Pagamento do 13º salário injeta R$ 211,2 bilhões na economia
19.10.18 09:34 Datafolha: Bolsonaro tem 59% dos votos válido...
19.10.18 09:27 Bolsonaro não vai participar de debates com Haddad
19.10.18 09:21 PT pede para TSE declarar inelegibilidade de ...
18.10.18 00:26 TSE convoca representantes de Bolsonaro e Had...
18.10.18 00:17 PF indicia Temer e mais dez em inquérito sobr...
17.10.18 09:34 Atividade econômica registra terceiro mês seg...
17.10.18 09:20 TSE reúne equipes de Bolsonaro e Haddad para ...
16.10.18 12:09 Setor de serviços cresce 1,2% de julho para agosto
16.10.18 12:06 BB lidera ranking de reclamações no terceiro trimestre
 
Anterior [1/1105] Próximo
Copyright © Vida Econômica - É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.
Power by Sistema agencianaweb.com.br